terça-feira, 29 de junho de 2010

O que é o feriado de 09 de Julho?

Revolução Constitucionalista ou Francesa?

Sei que ainda está um pouco longe da data, mas dia 09 de julho será feriado e poucos sabem o que de fato ocorreu nesse dia. Trata-se da Revolução Constitucionalista de 1932.

Getúlio Vargs estava no poder do Brasil, na chamada "República Nova", depois de um golpe de estado nas eleições de 1930 em que Julio Prestes foi eleito através do voto. O novo presidente anulou a Constituição de 1891 com a "intenção" de promover mudanças significativas no país.

São Paulo não aceitou a situação e resolveu criar uma oposição contra o governo de Vargas para exigir que as decisões fossem tomadas através do voto. Em 1932, especificamente em março, os paulistas entraram em confronto contra as forças do governo que resultou na morte de 04 estudantes sendo eles Martins, Miragaia, Drausio e Camargo. Daí surgiu a sigla MMDC. Tempos depois adicionou-se ao final da sigla a letra A, de Alvarenga, em referência a mais um jovem que perdeu a vida no movimento.

O dia 09 de Julho de 1932 foi o estopim da Revolução que ganhou o apoio de jovens na luta contra a ditadura do governo. Porém, o porto de Santos foi fechado e os demais estados que auxiliariam no movimento foram impedidos de chegar à São Paulo.

O movimento dos "Revolucionários" não resistiu e as forças do governo tomaram o controle de grande parte das cidades de São Paulo e, posteriormente, da capital. Coincidentemente ou não, 02 anos depois o governo realizou eleições e as mulheres tiveram direito ao voto pela primeira vez no Brasil.

Aqui está somente uma pitada da história, mas acredito que ajudará um pouco no entedimento da importância dessa data em que algumas pessoas perderam a vida na luta pela democracia e uma sociedade mais justa.

Há quem saiba que o dia 09 de Julho é feriado da "Revolução Constitucionalista de 1932". Outros sequer têm noção sobre o que se trata, mas também não arriscam palpites sobre o que é. Até que isso não é ruim, se pensarmos que há 02 anos atrás escutei que celebraríamos a "Revolução Francesa". Incrível não? Au revoir...

Observação: a Revolução Francesa é comemorada no dia 14 de julho, assim como o Dia Nacional do Iraque.

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Thiago pelo relato elucidativo sobre uma data tão significativa para o povo paulista, talvez a melhor delas, numa demonstração de coragem e patriotismo em defesa da liberdade e da democracia.
Será que não está na hora de nos levantarmos de novo não?
Abraços,
Ivan

Marcos Guedes disse...

Também acho muito importante relatos como esses, pois como o próprio texto diz, não é do conhecimento de todos o motivo não só desse feriado, como de outros.
Acredito que uma reciclagem na formação cultural dos brasileiros, pode iniciar-se a partir de conceitos e valores históricos como o descrito acima.