quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Inglaterra viveu seus dias de Oriente Médio

01 ano antes das Olimpíadas, cidades inglesas sofreram com protestos e segurança

Por Thiago Marcondes

A morte de Mark Duggan, no dia 06 de agosto, desencandeou uma série de protestos na Inglaterra. A polícia londrina é acusada de matar o homem de 29 anos, pai de 04 filhos, e até o momento não se sabe o motivo do assassinato.

As manifestações iniciaram em Tottenham, seguiram por toda Londres e atingiram Manchester e também Liverpool, mais conhecida pelo time de futebol local (que contém o nome da cidade) e por conta dos Beattles.

Prédios públicos foram queimados, atearam fogos em carros, destuíram e saquearam lojas de departamentos, mas também fizeram protestos como forma de cobrar o governo pela morte de uma pessoa que até o momento o mundo não sabe o motivo.

A grande mídia brasileira e mundial tentou à todo custo deixar claro que vândalos provocaram as manifestações, saques, destruição e os roubos e que aquilo não tinha nada (ou quase nada) relacionado com o assassinato de Duggan.

Claro que pessoas assim, com intenção de se aproveitarem da situação para benefício próprio, existem em todos os lugares do mundo. Porém, esqueceram (ou não quiseram mesmo) sinalizar que a sociedade britânica tem problemas e que a população não tolera mais certas ações da polícias, políticos etc. Lembram do caso Jean Charles?

Tudo isso é fruto de um governo que recentemente esteve envolvido em escândalos e que também quis aumentar a tarifa anual para para as escolas. O assassinato foi a gota d'água e povo inglês, conhecido pelo sua educação de "lord', saiu às para protestar.

Londres ficou sitiada e a própria população, após 03 dias de protestos, foi às ruas para recolher o lixo e organizar a situação. Em Liverpool ocorreram manifestações. Helicópteros sobrevoavam a cidade e a polícia estava mais presente nas ruas, porém o andamento da sociedade permaneceu da mesma maneira, ou seja, seguindo a rotina de trabalho, escolar normalmente.

Ainda não se sabe o que acontecerá nos próximos dias nas principais cidades inglesas, mas o que ocorreu deve servir de lição para que os políticos deles e de todo o mundo respeitem mais seu povo. Afinal de contas, são essas pessoas que pagam impostos e de certa forma sustentam a nação.

Thiago Marcondes é Jornalista e tem vontade de se envolver em protestos conta o governo

Nenhum comentário: