segunda-feira, 11 de julho de 2011

100 anos de Machu Picchu

Há 01 século mundo descobria mais um reduto da civilização inca

Por Thiago Marcondes

No mês de julho de 2011 a cidade Inca de Machu Picchu completa 100 anos de descoberta com festejos que envolveram o atual presidente do Perú e governadores da região. Turistas e moradores de Águas Calientes, a cidade que serve como porta da entrada para o local histórico, também estavam presentes no evento.

Machu Picchu, que significa "Velha Montanha", foi construída no século XV à pedido de Pachacuti, no Vale do Rio Urubuamba, e diz a lenda que na época servia de local para proteger e refugiar o soberano Inca. Talvez, por conta de sua localização (a cidade está em uma montanha à 2.400m de altura) de difícil acesso os espanhóis nunca chegaram lá.

O local sagrado foi planejado de forma que o cemitério, as moradias, templos e os locais para agricultura ficassem de forma organizada que conseguiram abrir espaço para ruas e, também, escadarias para locomoção da população local.

Vista da chegada à cidade sagrada - Thiago Marcondes - 13/05/2011

Os guias locais e a população sentem-se felizes pelo fato de que os colonizadores não chegaram à região, pois dessa forma foi possível preservar artigos incas e toda a história sem que saques ocorressem, como em Ollantaytambo e Cuzco, e assim mostrar ao mundo a cultura andina.

As cidades incas foram construídas em um período onde tecnologia praticamente não existia e para colocarem as pedras de forma simétrica primeiro eles davam forma utilizando facas e machados e, em seguida, colocavam uma sobre a outra. Quando existiam rochas grandes e pesadas usavam madeira roliça para fazer o transporte.

Roubos, períodos de escravidão e barbáries não ficaram somente presentes na história peruana, atrocidades cometidas pelos espanhóis foram vista também na Bolívia, Chile, Equador etc.

Somente em 1911 a cidade foi descoberta pelo professor estadunidense Hiram Bingham, que estava em expedição na região, atualmente Machu Picchu é um dos roteiros turísticos mais procurados no mundo por conta de sua história e sua beleza. Considerada Patrimônio Mundial da Unesco há uma preocupação com a preservação do local por conta da quantidade de visitantes.

Composição na estação de Ollantaytambo - Thiago Marcondes - 13/05/2011

Já existe um limite de visitantes à cidade por dia e o acesso até o local pode ser feito através das trilhas incas, que podem durar cerca de 03 ou 04 dias e também de trem com saídas, geralmente, de Cusco e Ollantayambo.

Para os turistas do mundo o local pode ser somente mais um destino bonito, mas para os peruanos e os povos indígenas Machu Pucchi é um local sagrado onde seus ancestrais viveram e construíram cidades. A preservação não está ligada somente ao setor financeiro que arrecada milhões de US$ por ano com visitas, mas também para preservar a cultura local que quase foi banida com a chegada dos espanhóis.

Thiago Marcondes é Jornalista

2 comentários:

Jorge André Aflalo disse...

Vontade de voltar só pra participar das comemorações :)

Anônimo disse...

Que beleza de narrativa e de informações que eu desconhecia.
Abraços
Ivan