quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O solidário e humanizado povo colombiano

Por Thiago Marcondes

Estive, junto com minha esposa, na Colômbia em 2015 e no planejamento da viagem pessoas falavam que além de San Andrés e ilhas próximas de Cartagena o país não tinha nada para oferecer além das FARC, cocaína e violência.

No roteiro estavam as cidades de Cartagena, Medellín e Bogotá e poucos, inclusive colombianos, não acreditavam que eu visitaria a cidade conhecida mundialmente por conta das atrocidades de Pablo Escobar.

Por onde passei vi como o povo colombiano é carismático e receptivo. Nas ruas, no transporte público e nas atrações turísticas todos sempre prontos para ajudar as pessoas.

Apaixonado por futebol decidi ir ao jogo do Atlético Nacional, em Medellín. À época disseram ser loucura porque se no Brasil existe violência como seria a situação na Colômbia?

Foto: Carolina Giurno

Mais uma vez houve surpresa com a receptividade em torno do estádio e eu e minha esposa nos sentimos extremamente seguros.

A demonstração de solidariedade dos antioquenos e paisas (população da região de Medellín) e de todo o povo colombiano em relação ao acidente aéreo não surpreendeu este casal, pois sentimos isso quando estivemos lá.

Muitas vezes julgamos à partir de esteriótipos e notícias de jornais com apenas um viés e esquecemos de pensar, refletir. Parabéns aos colombianos, deram uma lição de humanização para o mundo.

Quem me conhece sabe que Medellín me impressionou em 2015. Depois desse episódio não tenho palavras para descrever sobre aquela população que sofreu (e ainda sofre) por muitos anos com a violência do Pablo Escobar, FARC, grupos paramilitares e milícias e guerrilhas de direita, que os jornais insistem em dar apenas notas de rodapé.

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito bacana!
Grande abraço
Anne

Anônimo disse...

Grande Thiago Marcondes,sempre contundente nas suas explanações!

Parabéns!

Robson Calheiros

Tutorial e Informação disse...

Muito bom!
Realmente a mídia sempre mostra o pior lado.
Parabéns!

Geovan Sena