segunda-feira, 11 de março de 2013

A mídia e a morte de Hugo Chávez

As semanais Carta Capital e Veja trazem informações totalmente distintas em relação aos fatos
 
Por Thiago Marcondes
 
A morte de Hugo Chávez, então presidente da Venezuela, causou furor em toda mídia e alguns veículos de comunicação praticamente aplaudiram o fato enquanto outros sentiram a tristeza da perda de um grande líder.
 
As revistas Carta Capital e Veja têm opiniões bem distintas e, a segunda publicação, ao que tudo indica, tem mais leitores (ou pelo menos anuncia como número de exemplares vendidos) no Brasil.
 
Este simples blogueiro (apesar de ser assinante e leitor da Carta Capital) não está aqui para julgar os fatos e opiniões de uma ou outra publicação, mas sim para mostrar que existem os dois lados da moeda.
  
 
Enquanto e Veja, no meu ponto de vista, tem sempre as mesmas informações exibidas que a Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Jornal Nacional e assim por diante, a Carta Capital trás o outro lado do Chavismo (e demais assuntos) como os benefícios para seu povo.
 
Antes de criticar, ou até mesmo de ter uma opinião definida (seja ela qual for), vale à pena ler o outro lado da moeda. Assim como muitas pessoas não suportam a Carta Capital existem outras que ao ver a capa da Veja sentem nojo e vontade de vomitar. Não há o certo ou o errado, mas sim opiniões diferentes e valores distintos.
 
Thiago Marcondes é jornalista e pós-graduando em Gestão de Projetos

2 comentários:

irene alves disse...

Meu amigo a Comunicação Social não é verdadeiramente livre(na minha modesta
opinião) porque os seus donos defendem certas
posições a nível do social e económico.~
Para uns Hugo terá feito um bom trabalho,
para outros assim-assim e outros ainda mau.
Compete ao povo da Venezuela tirar as devidas
ilações e nas próximas eleições escolher com
conhecimento.
Obrigada pela sua visita ao meu http://sinfonia
esol.wordpress.com
Não sei se tem página de Facebook, a minha é
Marques Irene.
Um abraço
Irene Alves

irene alves disse...

Olá Thiago obrigada pela sua visita ao meu
blogue e pelas suas palavras. Vou tentar
diversificar mais o blogue porque há quem não
se interesse por poesia, aliás já estou
fazendo isso.
Bj.
Irene Alves e volte sempre.